Estudantes da Universidade de Belize tocam no seu primeiro tubarão e ficam maravilhados com a pele do animal. Foto: Tony Rath.

Mnine d’Mar

Nossos filhos são os futuros guardiães da natureza. Para que se envolvam e sejam capacitados para se tornarem campeões destemidos da vida selvagem marinha, criámos o programa ‘Mnine d’Mar’. Apresentamos crianças locais a tubarões e raias através de experiências de sala de aula e de campo de modo a ajudá-los a entender a importância do animal para o ecossistema, ao mesmo tempo que dissipam os medos que eles possam ter dos tubarões. Os tubarões e as raias são uma ótima lente através dos quais podemos ensinar os alunos sobre ciências marinhas e fazer com que se familiarizem com os princípios de conservação de espécies e habitat, incluindo a criação de áreas marinhas protegidas e a pesca sustentável, bem como o consumo inteligente de frutos do mar. Aumentamos cada vez mais as habilidades de natação dessas crianças, já que muitas das que participam do Mnine d’Mar não sabem como nadar.


Um aluno coleta com entusiasmo dados sobre tubarões e raias no Shark Ray Alley, Hol Chan, Belize. Foto: Rachel Graham.

Criando embaixadores da fauna marinha

Ajudar o público a adaptar a sua mentalidade aos recursos marinhos reduzidos, apoiar um consumo inteligente e sustentável de frutos do mar, sustentam os esforços de conservação marinha e conferem uma maior voz aos peixes grandes. A MarAlliance envolve o público regularmente através de eventos públicos, TV, apresentações e redes sociais (Paginas do Facebook: MarAlliance, Belize Shark Project, MarAlliance Cabo Verde, Tiburones de Honduras, Tiburones de Cuba) para dar apoio à proteção de tubarões e raias e outros animais marinhos bem como os seus habitats críticos. Através de uma série de eventos públicos e de mensagens personalizadas é atingido, no seu todo, mais de 30.000 pessoas em Belize e em muitos outros países em todo o mundo. Esses eventos permitem trazer informações, materiais educacionais e equipamentos científicos reais para a comunidade. Com base no sucesso desses eventos, pudemos expander o nosso alcance para Honduras, México e Cabo Verde e, em breve, para vários outros países, na esperança de mudar as atitudes e promover o bem-estar da conservação da vida marinha. Essas vozes estão apenas no começo da conversa e na chamada para ação. Quando a sua voz chamar também, a nossa mensagem comum irá mais longe e os nossos impactos de conservação serão ainda maiores.carries further and our conservation impacts are greater.

Mecanismos de tomada de decisão participativa

A criação de mecanismos que permitem a tomada de decisões com as principais partes interessadas envolvidas, tais como os comitês participativos com um forte envolvimento do governo, é fundamental para que as questões da fauna marinha sejam apresentadas durante a gestão e a tomada de decisões políticas. A MarAlliance faz parte de uma série de comitês nacionais para sites e espécies, incluindo a fundação de três Comitês de National Shark Advisory. Somos membros do Grupo Especialista de Tubarões da UICN e somos observadores oficiais da Convenção sobre Espécies Migratórias (CMS). No entanto, achamos que retirar esses dirigentes das suas reuniões para se juntarem a nós no trabalho de campo (efetivamente) faz com que conversas muito necessárias e importantes aconteçam, especialmente com os pescadores e outros parceiros que muitas vezes têm acesso limitado a dirigentes de nível superior. Temos vindo a organizar vários encontros baseados em trabalho de campo de modo a catalisar conversas transfronteiriças e maiores medidas de conservação para grandes animais selvagens marinhos.